segunda-feira, 12 de novembro de 2012

París - PARTE I


O primeiro dia é sempre muito cansativo, acordar cedo, viagem até ao Porto, viagem de avião, apanhar transporte para o centro da cidade, procurar o sítio marcado para dormir e ainda começar o reconhecimento da área, começando por visitar algo da cidade.
Eu dispensava tudo e começava na parte de “conhecer alguma coisa da cidade”, mas pronto, tem de ser, tem de ser, é por uma boa causa, certo!



Chegámos ao Aeroporto de Beauvais por volta das 13 horas e dirigimo-nos logo para apanhar o autocarro que parte a cada 30 minutos depois da chegada dos aviões da Rayanair, após mais uma hora e um quarto de viagem chegámos à Cidade de Paris (Porte Maillot - Palais des congres).




Como o Hotel que escolhemos ficava bem perto do Arco do Triunfo, fomos a pé até lá, o percurso demorou cerca de 15 minutos…
Tivemos alguma dificuldade em encontrar o Hotel, mas depois de alguma procura demos com ele, fizemos o check in, deixamos as malitas e partimos rumo à descoberta…
Apanhámos o metro junto ao Arco do Triunfo e a primeira paragem foi em Trocadéro.


Bem, nem vos conto, a vista de Trocadéro para a Torre Eiffel é qualquer coisa de magnífica.
Vimos a parte exterior do Palais de Chaillot e passeamos um pouco pelos Jardins de Trocadéro.
Depois sempre de olhos postos na Torre Eiffel passamos a Pont d’léna para o outro lado do Rio Sena.
A chegada cada vez mais perto da torre faz-nos ter a noção da sua real dimensão. É indescritível a sensação de estar ali, naquele sítio que tantas vezes vimos nas revistas, livros, televisão… 
A Torre Eiffel foi projectada por Gustave Eiffel especialmente para a exposição mundial de 1889, que comemorou os 100 anos da revolução Francesa, a ideia inicial era que a torre ficasse erguida apenas 20 anos e depois fosse destruída – como foram destruídos várias das construções feitas especialmente para exibições mundiais. Graças a sua altura privilegiada a torre acabou livrando-se dá demolição, pois serviu de campo para várias experiências científicas na área de telecomunicações, rádio e televisão. A sua construção durou 2 anos, 2 meses e 5 dias e devido à sua altura – 374 metros – foi considerada uma real prova das habilidades francesas em engenharia e foi rapidamente considerada um sucesso e posteriormente converteu-se no símbolo da cidade de Paris. No ano de 2010 a torre recebeu 6.612.000 turistas de todo o mundo.
Como chovia muito e as filas para subir à torre eram enormes, decidimos deixar para outra altura e seguimos em direcção à margem do Rio Sena para ir dar um passeio de barco.



Tão agradável que não se pode deixar de fazer este passeio e contemplar alguns dos principais monumentos turísticos da cidade. No barco disponibilizam um telefone que nos explica em várias línguas (não tem em Português, só Espanhol ou Inglês) os monumentos por onde vai passando e alguma da história da cidade.
O preço da viagem por pessoa ficou em 8 € e durou cerca de 1 hora. Fizemos a viagem já de noite, mas mesmo assim vale cada cêntimo.
Terminada a viagem, seguimos novamente em direcção a Trocadéro para apanhar o metro de volta até ao Hotel. Ainda contemplámos o Arc de Triomphe e a Avenue dês Champs-Élysées de noite.


Optámos por jantar na Quick (cadeia de fast food, tipo macdonald), que se situava mesmo ao lado do nosso hotel.
Terminou assim o nosso primeiro dia na cidade de Paris…
Cansados mas muito felizes…

Sem comentários:

Enviar um comentário