quinta-feira, 14 de março de 2013

HABEMUS PAPAM

Source

Ontem estávamos os três em frente à televisão quando apareceu o fumo branco na chaminé saído da Capela Sistina. Só se dizia HABEMUS PAPAM, incluindo o Lourenço.
Assim à primeira vista até simpatizei com novo Papa, pareceu-me simples e humilde.
Vinha simplesmente vestido de branco, pediu que rezassem por ele antes de abençoar os fiéis, despediu-se da multidão com um “boa noite e bom descanso” e rezou o Pai Nosso, a mais universal das orações.

Sem comentários:

Enviar um comentário