sexta-feira, 11 de abril de 2014

Ilha da Madeira - Descrição


A Ilha da Madeira é a principal ilha do arquipélago da Madeira, situado no Oceano Atlântico, a 980 km a sudoeste da costa portuguesa, que contém também as ilhas de Porto Santo, ilhas desertas e as ilhas selvagens.
Trata-se de uma ilha vulcânica com cerca de 50 quilómetros de largura por 160 de extensão, bastante acidentada com altos picos (sendo os maiores o pico Ruivo e Pico Areeiro, com cerca de 1.800 metros) e profundos vales, como o Curral das Freiras.
Antes da chegada dos colonos portugueses no século XV, a ilha era inabitada. Actualmente a população da ilha é de aproximadamente 250 mil habitantes, a maioria de nacionalidade portuguesa, o Funchal, a capital, conta com cerca de metade dos habitantes da ilha.
A ilha possui uma temperatura média anual estável em torno dos 20 graus com mínimas de 15 e máximas de 25. O solo vulcânico é geralmente muito fértil e a humidade da montanha favorece o crescimento de uma vegetação exuberante.
A beleza da ilha e a sua temperatura agradável é o principal motivo do turismo.
A ilha é procurada para actividades de montanhismo, caminhadas e desportos náuticos, principalmente pesca e mergulho.
Por ser uma ilha vulcânica as praias da Madeira não possuem areia. As poucas existentes, como em Machico, são artificiais e protegidas com areia trazida do continente.
Há diversas empresas que organizam caminhadas pelas montanhas e vales, normalmente seguindo as levadas (sistemas de canalização de água das montanhas).
Diz-se que a ilha e o arquipélago terão recebido este topónimo devido à densa 
floresta, que permitia a recolha de muita madeira para as necessárias embarcações da expansão marítima portuguesa, por alturas dos Descobrimentos Portugueses, que deram “novos mundos ao mundo”.
Hoje em dia, a Madeira encontra-se modernizada, com bons acessos, serviços de grande qualidade, a mais variada oferta hoteleira e turística, mantendo sempre o tradicional estilo de vida e o grande encanto de possuir, nos seus 728 quilómetros quadrados, montanha, mar, clima ameno, solos férteis e costumes e tradições sempre vivos e agraciados, como é exemplo o mundialmente famoso réveillon madeirense, que enche de vida a baía do Funchal, iluminando toda a ilha num mar de beleza, ou mesmo o divertido Bailinho da Madeira, numa profusão de cor e alegria típica do folclore madeirense.

Amanhã embarcamos!

Sem comentários:

Enviar um comentário