quarta-feira, 9 de julho de 2014

Ilha da Madeira | Dia 1

Saída de casa por volta das 02h00 e chegada ao Aeroporto de Lisboa por volta das 05h00. Estacionámos o carro no Parque de Estacionamento e apanhámos o autocarro para o Terminal 2. Despachamos mala e depois foi esperar pelo voo que partia às 07h00.
O Lourenço estava ansioso por andar de avião.
Porque o Lourenço ainda só têm 4 anos tivemos direito a embarque prioritário.
Uma vez dentro do avião, a descolagem foi pacífica e o Lourenço nem estranhou, parecia que já tinha andado de avião um monte de vezes. De vez em quando dizia-lhe para ir olhando pela janela, mas ele dizia que já tinha visto, como se fosse normal ver as coisas daquela perspectiva…Enfim….



A aterragem também correu muito bem, pensei que iria ser mais complicado aterrar numa pista como a da Madeira….


O melhor estaria para vir, pois o Piloto foi mostrar o cokpit ao Lourenço. Ele sentou-se na cadeira e o piloto fez subir e descer a cadeira para delírio do pequeno. No final o Pai perguntou-lhe: - Lourenço quando fores grande queres ser piloto de aviões?; Lourenço: Não Pai, achas, quero ser Pai!....


Saídos do avião dirigimo-nos para o guiché da Europcar, para levantar o carro que tinhas alugado. Correu tudo como planeado e passado 30 minutos estávamos com a chave do carro na mão e a conduzir pelas estradas e túneis da Madeira.
Dirigimo-nos para a zona do Hotel D. Pedro, Garajau, e por lá ficámos até fazer o check in.
Entretanto almoçamos num restaurante mesmo em frente ao Hotel.
Da parte da tarde fizemos uma caminhada a pé e fomos até ao Cristo Rei, de onde se consegue ver um pouco da baía do Funchal, as ilhas desertas e um extenso mar. Lugar calmo e muito agradável com bancos para sentar e aproveitar bem o sítio. No lugar existe também um teleférico que nos leva até uma pequena praia, mas que estava em manutenção.





Para terminar o dia fomos fazer umas compras num Pingo Doce bem pertinho do Hotel.
O Hotel encontra-se muito bem localizado e muito bem servido de restaurantes, supermercados e pastelarias.

(Fotografias: Mónica Costa)

Sem comentários:

Enviar um comentário