sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

1.ª vez | Dentista


O Lourenço entrou pela primeira vez no consultório de um dentista.
Ele andava a queixar-se que quando mastigava lhe doíam os molares, então não se podia adiar mais.
Claro que tive de lhe explicar mil e uma vezes que não ia levar uma pica e que o médico só ia ver-lhe a boca com um espelho e que não ia doer nada.
Lá foi a medo, mas depois portou-se lindamente.
Abriu a boca, deixou mexer sem dizer um único aí.
Os olhos dele miraram o espaço de cima a baixo e aquele momento vai ficar gravado na memória, é certo.
Mas o que ele gostou mais foi da cadeira que segundo ele é uma cama…
Resumindo, não tem cáries, tem apenas espaço a mais entre os dentes que ao mastigar lhe provoca dor.

(Fotografia: Mónica Costa)

Sem comentários:

Enviar um comentário